Total de visualizações de página

segunda-feira, maio 21, 2007

Mandalas



Não deixe que atitudes do passado impeçam as conquistas do presente. Nenhum erro pode ser tão assustador a ponto de imobilizar nossa capacidade criativa e de aprendizado. E há casos que nem sabemos como pudemos errar tão feio. Aprendo a ouvir, aceitar, acolher, errar junto e acertar de vez em quando. Ficam as palavras de Clarice Lispector:
" ...Sei de muita coisa que não vi.
E vós também.
Não se pode dar uma prova da existência do que é mais verdadeiro.
O jeito é acreditar.
Acreditar chorando".
Imagens: Instalação coletiva por Keiko Mayama, mandala da saúde de Angel.

terça-feira, maio 15, 2007

Em busca da sintonia perfeita






Que o Hawaii seja aqui, todos os lugares, as ondas e os mares...papo-cabeça de surfista em busca da onda perfeita é uma bobagem, não é não?!
Tem nariz perfeito? Quadril perfeito? Relacionamento perfeito? Perfeito mesmo só o Fortuna.
Mas tem sintonia fina, o povo aí está em busca da sintonia, sintonia minha gente!
Vem meu amor, vem sem pudor, no meu corpo se enroscar, ôoooooopa! Foi corpo, mente, psiquê, espírito, alma, Shen, Tao e etc e tal.
Enquanto isso a abobrinha que não comeu solta mas esteve presente na mesa e no estômago dos participantes deixa aqui o seu rastro.
Segue, finalmente, atendendo a mil pedidos salivados a receita da torta de banana e do bolo de castanhanjo (bolo de castanha do céu, inventado anteontem e reinventado ontem).
Torta de Banana
Massa:
1 xícara de farinha de trigo branca,
1 xícara de farinha integral,
1/4 de xícara de óleo de canola,
1 colher de café de fermento em pó,
2 ovos,
1 Xícara caprichada de açúcar mascavo.
Misturar tudo num recipiente não metálico, forrar o tabuleiro untado com uma camada aderindo a massa.
Recheio:
5 bananas nanica (banana d'agua) cortadas em fatias,
gara
Açúcar mascavo
Faça duas camadas de fatias de banana, granola e mascavo. Pode colocar mel também, substituindo o mascavo. Forno médio até assar a massa e a banana ficar dourada com o açúcar.
Legal! vamos a seguinte
Bolo de Castanhanjo
Bater 2 ovos, 1/2 xícara de óleo de granola, 1 xícara de açúcar mascavo. Ir acrescentado a farinha (1 xícara da branca e 1 da integral), 1/2 xícara de farinha de rosca, 1 xícara de leite, 1 xícara de cacau puro, e, por último 1 xícara de amêndoas descascadas e picadas, o fermento e a clara em neve. Mesmo crua essa massa é gostosa de provar
Cobertura:
No fogo acrescente: uma colher sopa de óleo de granola, 1/2 xícara de leite, 4 colheres de sopa de açúcar mascavo, 2 colheres sopa de cacau em pó, canela em pó e uma colher de chá de café solúvel. Vá mexendo até engrossar. Colocar sobre o bolo decorando com dois pauzinhos de canela
Divirtam-se
Angel


domingo, maio 06, 2007

Maria Augusta



Esta é minha Trisavó, mãe da mãe de minha mãe.
Alguém lá em cima sabe, deve saber Senhor, da onde é que veio essa dificuldade de filtração. Filtrar as dificuldades do dia-a-dia, jogar o lixo no lixo. Escorias pelo ralo e não nas veias, nem nos tubos, tãopouco no espírito. Afinal, qual é o espírito disso tudo? Deixar sair, fluir, circular?
Estou engordando pela primeira vez depois do TX. Já se vão dois anos.
A tuberculose foi o preço que paguei pela viabilidade de um transplante.
Quem não arrisca não petisca.
Estou petiscando bastante, aliás.
Disposição para arriscar pelo novo. Sair da zona de conforto.
Quem arrisca ser autêntico, empático, feliz, calmo-agitado, feio e bonito, sério e engraçado...
Quero arriscar a ser uma onda de transbordamento de espuma do mar numa manhã de céu-azul-bem-claro-sem-ser-verão.
Ela morreu de enterocolite aguda aos 42 anos de idade. Ela teria chances hoje com certeza.
A tecnologia não é tudo, tudo é Arte, mas ajuda a sair do sufoco na maioria das vezes.
Restam 3 meses de tratamento.
Angel

terça-feira, maio 01, 2007